hidraulico para realizacao de rede hidrica

HIDRÁULICO | TUBULAÇÕES DE REDE HÍDRICA

tubulação hídrica é a parte “ativa” da instalação hidráulica, isto é as ramificações das tubulações que o HIDRÁULICO realiza para distribuir a água no interior da casa em todos os pontos aonde se deseja ter um fornecimento (sanitários do banheiro, cozinha, lavanderia, terraço, jardim etc.) seja esse de água fria ou de água quente. A distribuição no interno de uma casa é feito em um traço dentro das paredes ou no pavimento. Se os pontos de distribuição de água que se deseja for somente fria a tubulação hídrica será uma só, provém diretamente ou as vezes do contador, se se deseja ter uma dupla distribuição (água quente e água fria) a tubulação hídrica será dupla, uma (a fria) provém diretamente as vezes do contador, a outra (a quente) da caldeira ou do aquecedor de água elétrico.

Graças ao progresso tecnológico dos últimos anos a  tubulação hídrica pode ser realizada pelo HIDRÁULICO com materiais muito versáteis e resistentes ao tempo, diferentes das velhas tubulações executadas em ferro zincado sujeitas às corrosões de vários tipos (calcário interno e ferrugem externa). As tubulações mais comuns são:

  • Tubulação hídrica em Cobre [Cu]: as tubulações em Cobre é assim chamada pela sua capacidade de suportar um superaquecimento, resiste à corrosão e às pressões elevadas. Pode ser usada para a rede hídrica e para a instalação de aquecimento. Para a montagem das curvaturas das tubulações de cobre é necessário ter experiência, o HIDRÁULICO efetua a instalação através de soldas ou junções com conexões metálicas de latão ou aço.
  • Tubulação hídrica em polipropileno [PP]: é constituída por um Plástico muito característico que têm variados campos de uso. É muito resistente ao calor e ao desgaste, os tubos são em barras retas, o HIDRÁULICO monta-os facilmente com as outras “peças especiais” (conexões, prolongamentos, curvas, “T”) através das soldas, que são efetuadas com uma aparelhagem especial (polifusor).
  • Tubulações hídricas em múltiplas camadas [PEX – AL – PEX]: É realizado com um tubo com vários extratos (revestimento interno e externo em PEX comumente chamado de polietileno reticulado com elevada densidade) e extrutura central (alma de Alumínio). Este Produto pode ser usado pelo HIDRÁULICO na instalação hídrica e para a instalação de aquecimento. Muito robusto porém leve, é resistente à todos os “agentes” corrosivos, é comerciável em bastões ou em rolos de tubos flexíveis contínuos, pode ser trabalhado e modelado manualmente e a frio. É fornecido com conexões que podem ser montados com o sistema à pressão (se prevê o uso de pinças ou garras especiais do qual o HIDRÁULICO é equipado) ou mesmo com o sistema de rosca (é suficiente o uso de duas chaves de ajuste ou a “papagaio”).

QUAIS SÃO OS PROBLEMAS DERIVADOS DAS TUBULAÇÕES DA REDE HÍDRICA?

A água que passa na tubulação hídrica contém sais minerais naturais (cálcio e magnésio) variáveis pela quantidade na água mesmo dependendo do lugar, caracterizando a sua “dureza”.

No transcorrer do tempo, a produção de água quente sanitária e a presença de anidrido carbônico existente na água, desenvolvem no interno da tubulação hídrica o calcário (carbonato de cálcio). O efeito do cálcario, que não se dissolve é o de provocar incrustações que impedem cada vez mais a passagem da água.

Por sua vez a incrustação rica de anidrido carbônico ativa a sua propriedade de corrosão. O calcário se deposita no interno de todas as tubulações, ataca particularmente as aquelas com superfície interna menos lisa (tubos Mannesman “ferro zincado”) mas em menor quantidade a  tubulação hídrica realizada em Cobre, polipropileno, multiextrato.

Depois das incrustações se verifica uma redução de passagem da quantidade de água na tubulação por causa da redução da secção interna (perda de carga). Além disso as incrustação reduzem também a eficácia de todos os aparelhos elétricos que produzem água quente (resistência do aquecedor de água elétrico, máquina de lavar roupas e de lavar pratos e da caldeira termo-hidráulica) com consequente aumento do consumo energético (eletricidade e/ou gás).

Por causa dos danos já citados, a tubulação hídrica pode sofrer rupturas e portanto, se deve providenciar, através da intervenção do HIDRÁULICO a substituição parcial ou total da mesma.

Quando se realiza a  tubulação hidrica, para reduzir os problemas causados pelo calcário se pode pedir ao HIDRÁULICO de montar um descalcificador de água potável.